trabalho-de-parto1

Pilates na gravidez

Pilates na gravidez pode aumentar o bem-estar das futuras mamães! Confira abaixo alguns bons motivos para praticar:

Agende uma aula experimental

3 Razões para praticar Pilates na gravidez

1. Pilates na gravidez alivia a dor nas costas;

Pilates na gravidez reduz as dores nas costas

Pilates na gravidez reduz as dores nas costas

Praticar o método Pilates na gravidez tem sido algo cada vez mais recomendado pelos médicos obstetras e ginecologistas de todo o mundo. Não é a toa que o Pilates vem ganhando espaço no universo das futuras mamães. Mais da metade das gestantes apresentam dores nas costas, esse percentual fica ainda mais elevado quando se tratam de eventuais dores ou desconfortos na coluna. Os motivos mais comuns para tais dores são tensões musculares, aumento na curvatura da lombar ou inflamação no nervo ciático, sendo essa última, a causadora de desconfortos reflexos nos glúteos ou atrás das pernas.

Como o Pilates pode me ajudar?

Através de exercícios conscientes, o Pilates propõe um realinhamento postural que evita as tensões lombares; fortalecimento da musculatura do CORE (centro do corpo), responsável por estabilizar a coluna e com isso mantê-la mais saudável e alongamento em geral, que previne as crises de ciático e hérnias discais por exemplo.

2. Pilates na gravidez traz melhorias durante o parto;

Benefícios do Pilates na gravidez

Pilates na gravidez ajuda o momento do parto

Existem determinadas necessidades específicas para a mulher durante cada fase da gestação, (clique aqui para saber mais sobre as fases do Pilates para Gestantes). Todavia a gravidez como um todo, acontece como preparo justamente para o momento do parto! Após a espera dos 9 meses e uma série de mudanças fisiológicas, chega o momento mais esperado: O PARTO.

Como o Pilates pode me ajudar?

Um dos princípios fundamentais do método Pilates é a CENTRALIZAÇÃO. Trata-se de manter o centro do corpo (compreendido como um grupo de músculos profundos como: musculatura do assoalho pélvico, transverso abdominal por exemplo.) ativado. No caso da gestante, tanto o relaxamento quanto a ativação do “centro” será estimulada durante as aulas, fazendo com que tal capacidade física esteja mais treinada para otimizar o trabalho de parto.

3. Pilates na gravidez melhora o pós-parto;

Além do momento do parto, uma das maiores preocupações das futuras mamães está na questão da recuperação pós-parto. Isso é muito relevante pelo fato de a gestação realizar diversas alterações fisiológicas que precisam voltar a normalidade após o período gestacional. Problemas como diástese abdominal, lassidão de períneo e hiperlordoses são comuns no pós parto.

Como o Pilates pode me ajudar?

Através do fortalecimento muscular (especialmente na região central do corpo) adquirido durante a gestação, podemos prevenir esses sintomas tão comuns no pós-parto. Sendo assim, vale a pena conhecer esse método que pode oferecer ótimos benefícios para as futuras mamães!

Clique no link e saiba três vantagens especiais do Pilates para gestantes.

Para saber outros benefícios do Pilates na gravidez clique aqui.

Clique aqui para agendar sua aula experimental!

 

 

Prof. Esp. Luiz F. Garbelotti

Especialista em Pilates e certificado pela Pilates Method Alliance